A Internet oferece às crianças e aos jovens oportunidades fantásticas para pesquisas, ligações e criações on-line. No entanto, também existem riscos aquando da sua utilização, sendo uma janela aberta para um mundo que também pertence a adultos e que contém material impróprio para crianças.

Como é que os pais devem orientar os filhos de modo a que estes riscos sejam minimizados? A resposta não é simples e os riscos variam, dependendo da idade e dos conhecimentos informáticos da criança.

O mais importante é tornar as informações pessoais seguras no seu próprio computador, o que significa protegê-lo contra vírus e actualizar o software. Para as crianças, pode melhorar a segurança dos dados utilizando as definições de filtro e as opções de filtragem de contéudos disponíveis em muitos programas.


Claro que é importante que o equipamento informático esteja a funcionar correctamente. No entanto, para as crianças e jovens, a Internet é, sobretudo, um ambiente social onde podem encontrar não só amigos, mas também desconhecidos. Podem ocorrer ofensas, ameaças e até abusos on-line. Acreditamos que a melhor protecção é utilizar o bom senso. O mais importante é informar as crianças sobre os perigos da Internet, de modo a que estas ajam de forma segura. É também indispensável que se disponibilizem para discutir todas as questões que as crianças possam ter quando estiverem a utilizar a Internet.